Propriedade de Férias em Itaparica

65 músicas para curtir o Carnaval em casa como se estivesse na praia




Estamos em um momento marcado pela contra indicação à folia tradicional carnavalesca. O mundo pandêmico nos obriga a ressignificar nossos preceitos, hábitos e cultura para assim, podermos viver nossos cotidianos sem perder nossa identidade.

O Carnaval - festa que remonta à Antiguidade - teve uma apropriação do povo brasileiro e se transformou em uma das nossas maiores manifestações culturais, e por isso, é difícil pensar em um ano que não seja permitido a realização dessa festa.

Mas estamos aqui para mostrar que, apesar de todas as regras de distanciamento social cabíveis ao nosso momento histórico, existem sim algumas formas de realizarmos o Carnaval com segurança e muita diversão. E claro, ao falarmos de alegria, o item fundamental é a música.

Então, prepare-se para enfeitar sua casa, colocar sua fantasia e aproveitar nossas dicas de música para pular o Carnaval de 2021 com sua família, como se estivesse na praia!


65 músicas para curtir o Carnaval em casa como se estivesse na praia


 1. Marchinhas, samba e frevo: o tempo passa e músicas boas não envelhecem 

Fonte: Fundação Joaquim Nabuco


Músicas regionais pertencem ao DNA do carnaval brasileiro e são peças fundamentais de uma boa festa.

Confira abaixo nossas sugestões de um repertório de marchinhas, irônico, engraçado e implacável, que já possui mais de cinco décadas de existência e que ainda sim não pode faltar no Carnaval da modernidade:

- “Mamãe Eu Quero” (Vicente Paiva/Jararaca);
- “Bandeira Branca”, de Max Nunes/Laércio Alves,
- “A Jardineira” (Benedito Lacerda/Humberto Porto);
- “Me Dá Um Dinheiro Aí” (Homero Ferreira/Ivan Glauco);
- “Índio Quer Apito” (H. Lobo/Milton de Oliveira);
- “Roubaram a Mulher do Rui” (José Messias);
- “Vai com Jeito” (João de Barro);
- “Transplante Corintiano” (Manoel Ferreira/Ruth Amaral/Gentil Júnior); 
- “Joga a Chave Meu Amor” (J. R. Kelly/J. Rui);
- “Sassaricando” (Luiz Antônio/Zé Mario/Oldemar Magalhães)


O bom e velho samba também tem seu lugar garantido, marcando com o pandeiro, violão, cavaquinho e cuíca, um ritmo no qual ninguém consegue ficar parado:


-  “Alma Boêmia” (Toninho Geraes);
- “Maneiras” (Zeca Pagodinho);
- “Não deixe o samba morrer” (Alcione);
- “Timoneiro” (Paulinho da Viola);
- “Brasil Pandeiro” (Novos Baianos);
- “Canta canta, minha gente” (Martinho da Viola);
- “Foi o rio que passou em minha vida” (Paulinho da Viola);
- “Saudosa Maloca” (Demônios da Garoa);
- “Trem das Onze” (Demônios da Garoa);
- “Deixa a vida me levar” (Martinho da Vila);

 

E não menos importante, para lembrar o regionalismo cujo carnaval corre na veia, o frevo-canção e o frevo de rua, primos irmãos das marchinhas carnavalescas cariocas:

 

- “Voltei, Recife” (Luiz Bandeira);
- “Cala a boca menino” (Capiba);
- “É de fazer chorar” (Luiz Bandeira);
- “Você sabe lá o que é isso” (João Santiago);
- “Nino, o pernambuquinho” (Maestro Duda);
- “Duda no frevo” (Senô);
- “Lágrima de Folião” (Levino Ferreira);
- “Porta-Bandeira” (Guedes Peixoto);
- “Vassourinhas” (Matias da Rocha);
- “Fogão”  (Sérgio Lisboa);

 

2. É carnaval da Bahia, minha gente! Os consagrados axés das últimas décadas que todo mundo sabe cantar!

Fonte: Bahia Noite e Dia


Venhamos e convenhamos, até quem não gosta de axé sabe uma letra ou outra, um passinho que virou moda e que nunca saiu da memória. Não há Carnaval, seja em casa ou na praia, que não caiba os sucessos da playlist abaixo:

 

- “Baianidade Nagô” (Banda Mel)
- “Berimbau” (Olodum)
- “Requebra” (Olodum)
- “Ara Ketu é bom demais” (Araketu)
- “Margarida Perfumada” (Timbalada)
- “Rapunzel” (Daniela Mercury)
- “A latinha” (Timbalada)
- “Dança do Vampiro” (Asa de Águia)
- “Cabelo raspadinho” ( Chiclete com Banana)
- “Bate lata” (Banda Beijo)
- “Festa” (Ivete Sangalo)]
- “Diga que valeu” (Chiclete com Banana)
- “Dandalunda” (Margareth Menezes)
- “Maimbê Dandá” (Daniela Mercury)
- “Coração” ( Rapazolla)
- “Quebra aê” (Asa de Águia)
- “Mulher Brasileira” (Psirico)
- “Cadê Dalila” (Ivete Sangalo)
- “Rebolation” (Parangolé)
- “Lepo Lepo” (Márcio Victor)


3. Pode repetir? Pode sim! As mais tocadas no carnaval de 2020.

Tudo que é bom é pra ficar né, pessoal? Todo mundo dançou e se divertiu com as músicas da playlist abaixo no carnaval de 2020. Então, por que você não tenta captar um pouco dessa energia? E vai treinando, porque logo logo vamos poder curtir juntos novamente!


- “Tudo OK” (Tiaguinho MT);
- “Combatchy” (Anitta)
- “Sentadão” (Pedro Sampaio)
- “Contatinho” (Anitta e Léo Santana)
- “Verdinha” (Ludmilla)
- “Amor de que” (Pabllo Vittar)
- “Deslizo e jogo” (MC Rebecca)
- “Carnaval Chegando” (DJ Rennan da Penha)
- “Apimentadíssima” (Dennis E Lexa)
- “Sacanagenzinha” (Harmonia)
- “Some que ele vem atrás” (Marília Mendonça)
- “Ela não quer guerra com ninguém” (Parangolé)
- “Parabéns” (Pabllo Vittar e Psirico)
- “Perigosinha” (Claudia Leitte)
- “O mundo vai” (Ivete Sangalo)


Agora que você já tem a sua playlist de músicas para curtir o Carnaval em casa como se estivesse na praia é só reunir a família e se divertir! 

E se também já está planejando as suas próximas férias na praia, que tal saber um pouco mais sobre tudo o que o Axé Itaparica Praia Resort tem a oferecer para você e para toda a sua família?

Últimos posts

Conheça os destinos tendências para 2021

5 cidades incríveis pertinho de Itaparica

5 dicas para você economizar mais em menos tempo para viajar

6 destinos para quem ama andar de bicicleta

É assim que a multipropriedade vai salvar suas férias

10 plataformas para você viajar pelo mundo sem sair de casa

O que é uma rede de intercâmbio de hotéis e como ela funciona?

65 músicas para curtir o Carnaval em casa como se estivesse na praia

Como viajar em família com mais conforto

Clique para Ligar
Fale por WhatsApp
Clique para Ligar
Fale por WhatsApp
APENAS R$ 399/MÊS